segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

O Crisol do Pastor

"Refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do Seu nome"(Sl 23:3).
Um guia para a jornada: O Pastor
"O Senhor é o meu pastor; nada me faltará"(Sl 23:1).
Algumas crianças foram solicitadas a desenhar um quadro de Deus. Sem exceção, todas desenharam um coração em algum lugar do quadro. Quando foram perguntadas por que, elas declararam unanimemente que Deus é amor. É tão simples assim.
É fácil ter uma boa opinião sobre Deus e Seus propósitos quando tudo vai bem. Mas quando vem a idade e a vida se torna mais difícil e mais complicada, muitas vezes, nossa visão de Deus muda. Deus não muda, evidentemente (Hb 13:8; Tg 1:17); mas nós, sim.
Por causa do estilo de vida pastoril dos povos dos tempos do Antigo Testamento, o Salmo 23 usa a imagem de um pastor para descrever a maneira de Deus cuidar de nós. O símbolo de um pastor é aplicado a Deus – tanto no Antigo Testamento como no Novo. Esse quadro é maravilhoso e também invariável.
PASSAGENS DO CAMINHO
"Guia-me pelas veredas da justiça por amor do Seu nome"(Sl 23:3).
Imagine as "veredas da justiça" se estendendo à sua frente, desaparecendo à distância. Você não pode ver o fim, mas sabe que no fim da jornada está o lar, a casa de Deus. Olhando um pouco mais perto, você consegue ver para onde levam os caminhos? Você pode ver claramente alguns lugares, mas outras partes estão totalmente ocultas por obstáculos grandes ou perigosos. Às vezes, o caminho desaparece por cima de um cume. Algumas partes do caminho são de fácil caminhada; outras, são difíceis. Foi assim que Israel viajou do Egito até a Terra Prometida, e a viagem é descrita neste salmo.
Identifique no Salmo 23 os lugares pelos quais Davi vê a ovelha passando quando segue as veredas da justiça a caminho da casa do Senhor.
Mas por que estes caminhos são chamados de "veredas da justiça", "caminhos justos" ou "caminhos certos"? Aqui estão quatro razões importantes. Primeira: elas são os caminhos certos porque levam ao destino certo – o lar do Pastor. Segunda: são os caminhos certos porque nos mantêm em harmonia com a pessoa certa – o próprio Pastor. Terceira: são os caminhos certos porque nos preparam para ser